Harry Potter: 7 melhores maneiras de viajar no mundo mágico


Da mesma forma que os não-mágicos que se deslocam pelo céu, solo e água, a sociedade bruxa de Harry Potter também dispõe de vários modos de transporte. Muitos utilizam objetos e aparatos mágicos em suas viagens, mas também podem cavalgar seres fantásticos ou até mesmo se aparatar usando alguns artefatos mágicos.

Em Harry Potter, quanto mais distante o local de chegada, mais complexa é a ferramenta, pois é preciso até licença para utilizar determinado transporte. Assim como os trouxas que precisam de carteira de motorista para dirigir um veículo, a legalidade é necessária para garantir a segurança. Um meio de transporte rápido, mas arriscado, pode causar a separação de partes do corpo se não for feito corretamente. 

Vassoura

O jeito antigo 

Andar de vassoura para a comunidade mágica é uma das primeiras habilidades que alguém adquire ao iniciar a educação de um bruxo em uma escola de magia como Hogwarts. Uma vassoura é indiscutivelmente equivalente a andar de bicicleta trouxa, pois não precisa de licença, embora precise de equilíbrio e foco total no passeio.

Voar com vassouras também é usado em esportes, como jogos de quadribol e corridas de vassouras. No mundo trouxa, voar com vassouras também é um dos estereótipos mais populares de bruxas e bruxos desde tempos atrás, que passou a ser usado também no universo Harry Potter.

Knight Bus 

Para bruxas e bruxos perdidos 

Viajar por terra também é usado pela comunidade mágica de Harry Potter, especialmente aqueles que residem em áreas povoadas por trouxas. Os bruxos e bruxas que estão presos, perdidos ou com algum tipo de problema podem levantar a varinha para chamar o Nôitibus Andante. 

Conforme retratado em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Harry ergueu sua varinha enquanto ficava cara a cara com Sirius Black, que estava em sua forma animaga, acidentalmente chamando o Nôitibus Andante. O Nôitibus Andante se parece com qualquer ônibus normal de três andares, mas possui habilidades mágicas para passar por veículos trouxas sem ser visto.

Rede de Flu

Viajando pelas chaminés 

Aparentemente, não é só o Papai Noel que aproveita as chaminés, mas os bruxos e bruxas as utilizam como meio de transporte. A rede Floo permite que os bruxos viajem de um lugar para outro que compartilhe uma conexão na forma de uma chaminé.

Para viajar, é preciso ter em mãos um pó de Flu, pronunciar o local desejado – com a referida conexão – e puf! Ali estão eles. Porém, é importante dizer claramente o nome do local, caso contrário, pode-se chegar ao lugar errado. Basta ver como Harry Potter acabou no Beco do Tranco, um lugar duvidoso e arriscado, em vez de no local pretendido, o Beco Diagonal. 

Chave de portal

Itens Mundanos Enfeitiçados 

Quem teria pensado que bruxos e bruxas poderiam se transportar através de meias, sapatos ou outros utensílios domésticos diversos? As chaves de portal são uma forma única de viajar, pois são compostas de itens mundanos enfeitiçados que permitem aos viajantes se teletransportar para outro local. Este meio de transporte, embora divertido, é bastante arriscado, pois alguém pode tocá-lo acidentalmente e ser levado para outro lugar sem querer.

Existem alguns casos em que trouxas tocam uma chave de portal por acidente e são levados para outro local sem saber. Outro exemplo perigoso é como Harry Potter e Cedrico Diggory foram transportados para o Cemitério de Little Hangleton, quando a Taça Tribruxo foi transformada em Chave de Portal por Bartô Crouch Jr.

Aparatação

Perigoso, mas rápido 

Aparatação é uma forma de magia de teletransporte que permite aos usuários viajar longas distâncias em menos tempo sem itens encantados, criaturas mágicas ou outros meios de transporte. Embora rápida, é considerada um dos meios de transporte mais arriscados do universo Harry Potter.

Aparatar com falta de habilidade pode causar estrunchamento, fazendo com que partes do corpo fiquem feridas ou, pior, separadas umas das outras. Para aparatar, o Ministério da Magia exige que os cidadãos tenham uma licença que obtêm através de aulas. Hogwarts é um dos lugares que oferece aulas de aparatação, ensinando os alunos a aparatar de maneira adequada e segura.

Criaturas Mágicas

Especialmente os Enormes 

Outro meio de transporte é voar com dragões, hipogrifos, testrálios e assim por diante. Usar criaturas mágicas para viajar significa que essas criaturas devem ser grandes o suficiente para transportar um humano – ou até mais de um –, dependendo dos passageiros. Além disso, viajar com elas requer muito conhecimento das criaturas, pois podem ser difíceis de controlar e imprevisíveis.

Existem muitos casos de viagens com criaturas mágicas no universo de Harry Potter, e montar um dragão é considerado o mais difícil. Os dragões são criaturas altamente complexas e realmente difíceis de manusear, pois montá-los exige perseverança e bravura.

Veículos Encantados

Tecnicamente ilegal devido à exposição a trouxas 

Há muitos casos em que bruxos e bruxas modificaram os veículos dos trouxas em veículos mágicos, como o carro voador Ford Anglia dos Weasleys, a motocicleta de Rúbeo Hagrid e assim por diante. No entanto, estes veículos são considerados “Artefatos Trouxas Encantados” pelo Ministério da Magia e, portanto, ilegais. Eles se enquadram na lei de “Uso Indevido de Artefatos Trouxas”, já que os itens utilizados em sua maioria vieram de marcas comuns de veículos trouxas.

Em Harry Potter e a Câmara Secreta, os trouxas que viram o carro voador dos Weasleys entraram em choque profundo, conforme relatado no Profeta Diário. Embora ilegal, não se pode negar que esse meio de transporte específico é uma das formas mais legais de viajar.

Fonte: GameRant

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Os sites Ygor Freitas Hogwarts Brasil agora tem Canais no WhatsApp 

Acesse nossos canais de Notícias e Ofertas para ficar por dentro de todas as Novidades do Mundo Mágico de Harry Potter, Filmes e Séries. Receba também as melhores Promoções e Desconto da Amazon e Shopee

-> Canal de Notícias no WhatsApp 

-> Canal de Ofertas no WhatsApp