Doutor Estranho no Multiverso da Loucura é banido de países Árabes por causa de personagem LGBTQ+

 


Doutor Estranho no Multiverso da Loucura trás America Chavez ao MCU, e a Arábia Saudita baniu o filme como resultado.

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura é banido de países Árabes por causa de personagem lésbica.

America Chavez é interpretada por Xochitl Gomez. Assim como nos quadrinhos, America Chavez do MCU é uma latino-americana do grupo LGBTQ+ a personagem possuí vários poderes sobre-humanos, incluindo a capacidade de viajar entre as dimensões.

De acordo com as informações do The Hollywood Reporter, fontes confiáveis do Oriente Médio informam que Doutor Estranho 2 foi banido na Arábia Saudita por conter personagem lésbica.

Ingressos antecipados para Doutor Estranho 2 que anteriormente estavam disponíveis para venda no país, foram removidos dos sites de cinema na Arábia Saudita, Kuwait e Qatar. 

A homossexualidade é ilegal em todo o Golfo, diante disso filmes com histórias e personagens do gênero LGBTQ+ são alvo de censuras que o levam a edições ou banimento total. 

Algo semelhante aconteceu com Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore na China que teve duas falas LGBTQ+ cortadas, saiba mais.
Ygor Freitas

Executivo, apaixonado por séries e cinema, editor e redator na Hogwarts Brasil. Também curto umas paradas aí! Já se foi o disco voador facebook instagram twitter sobre mim

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem