Adeus capitão Jack Sparrow - Oficial Johnny Depp não volta para Piratas do Caribé 6

 


Johnny Depp não voltará para Piratas do Caribé, adeus capitão Jack Sparrow.

A vida de Johnny Depp virou de cabeça para baixo desde que sua ex-esposa Amber Heard o acusou de abuso e violência doméstica em artigo escrito para o The Washington Post em 2018. 

Durante mais uma etapa do julgamento por difamação que aconteceu na quinta-feira (21) Johnny afirmou que não há nada que a Disney possa fazer para que ele volte a interpretar o capitão Jack Sparrow em Piratas do Caribé, o ator quer distância dos estúdios Disney.

O advogado de Amber Heard perguntou a Johnny Depp "O fato é, Sr. Depp, se a Disney chegasse a você com US$ 300 milhões e um milhão de alpacas, nada neste mundo faria você voltar a trabalhar em Piratas do Caribe? Certo?” então o ator confirmou dizendo "É verdade". 

Johnny Depp e Amber Heard eram casados, eles resolveram se separar em 2017 quando Amber o acusou violência doméstica, na ocasião Heard desistiu de processar o ator em um acordo de divórcio e indenização de US$ 7 milhões.

Em 2018, Heard publicou um artigo para o The Washington Post falando sobre abuso doméstico, mesmo sem citar o nome de Johnny Depp o ator afirmou que foi prejudicado e moveu um processo contra ela.

Diante de tudo o que aconteceu Johnny Depp perdeu dois papéis importantíssimos para sua carreira, Jack Sparrow de Piratas do Caribé e Gerardo Grindelwald em Animais Fantásticos.

Piratas do Caribé 6 dos estúdios Disney não contará com Johnny Depp, e não sabemos até o momento o destino oficial do personagem Jack Sparrow.

A Warner também demitiu o ator do papel de Gerardo em Grindelwald nas continuações de Animais Fantásticos, o ator foi substituído por Mads Mikkelsen que já assumiu o papel em "Os Segredos de Dumbledore" atualmente em exibição nos cinemas.

Johnny Depp aproveitou para explicar que embora a Disney tenha mantido sua imagem nos parques e em produtos que geram dinheiro para o estúdio, eles teriam medo das consequências do processo se continuarem com ele e então preferiu demiti-lo.
Ygor Freitas

Executivo, apaixonado por séries e cinema, editor e redator na Hogwarts Brasil. Também curto umas paradas aí! Já se foi o disco voador facebook instagram twitter sobre mim

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem