Esses são os motivos pelos quais Harry Potter foi o Escolhido da Profecia

No universo mágico criado por J.K. Rowling, a questão de quem é o verdadeiro "Escolhido" da profecia que derrotaria Lord Voldemort é um tema central. A profecia, que foi parcialmente ouvida por Severus Snape e depois relatada a Voldemort, dizia que uma criança nascida no final de julho, cujos pais haviam desafiado Voldemort três vezes, teria o poder de derrotar o Lorde das Trevas. Tanto Harry Potter quanto Neville Longbottom se encaixam nessa descrição, mas foi Harry quem se tornou conhecido como o "Escolhido". Por quê?

A Escolha de Voldemort

A resposta mais direta é que Voldemort escolheu Harry. Ele tomou a decisão baseado na informação que Snape lhe forneceu, interpretando que Harry, meio-sangue como ele próprio, era a maior ameaça. Voldemort viu em Harry um reflexo de si mesmo, o que o levou a marcar Harry como seu igual, conforme a profecia previa. Essa escolha foi crucial, pois a profecia poderia se referir a qualquer um dos dois meninos, mas só se tornou realidade porque Voldemort agiu para tentar preveni-la.

A Marca do Escolhido

Quando Voldemort tentou matar Harry, a maldição Avada Kedavra ricocheteou e o atingiu, deixando Harry com uma cicatriz em forma de raio. Essa cicatriz não era apenas uma marca física; era um sinal da conexão especial entre Harry e Voldemort, uma ligação que Neville não possuía. A cicatriz de Harry tornou-se um símbolo de sua luta e sobrevivência, e mais tarde, um meio pelo qual ele poderia sentir as emoções e até mesmo os pensamentos de Voldemort.

O Poder do Amor

Outro fator significativo foi o sacrifício da mãe de Harry, Lily Potter. Ao se colocar entre Voldemort e Harry, Lily conferiu a Harry uma proteção mágica derivada do seu amor, algo que Voldemort não podia compreender ou destruir. Esse ato de amor puro criou uma barreira que salvou a vida de Harry e foi essencial para a derrota final de Voldemort.

O Crescimento do Herói

A jornada de Harry ao longo da série também desempenha um papel importante em sua identificação como o "Escolhido". Desde cedo, Harry enfrentou desafios e perigos que moldaram seu caráter e habilidades mágicas. Ele cresceu sob a sombra da profecia, sempre consciente de seu destino ligado a Voldemort. Essas experiências o prepararam para o confronto final e a realização de seu papel na profecia.

Embora Neville Longbottom compartilhasse muitas das qualificações para ser o "Escolhido", foi a escolha de Voldemort e as circunstâncias únicas de Harry que o definiram como tal. A cicatriz, o amor de sua mãe e sua própria coragem e sacrifício foram os elementos que o distinguiram e o prepararam para cumprir seu destino. No fim, a profecia se cumpriu não por causa do nascimento ou das condições estabelecidas, mas pelas escolhas e ações dos envolvidos, destacando um tema recorrente na série: o poder das escolhas sobre o destino.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

  Junte-se à magia da Hogwarts Brasil através do WhatsApp! 

Não perca nenhuma atualização - Inscreva-se agora em nosso Canal de Notícias para receber as últimas novidades do mundo mágico direto no seu celular.

 

E para os caçadores de Ofertas, temos um canal especial só para vocês! Inscreva-se em nosso Canal de Ofertas e seja o primeiro a saber das promoções imperdíveis.

 

E tem mais! Descubra as Ofertas do Dia encantadoras que preparamos especialmente para você na Amazon e Shopee. Aproveite agora e deixe a magia acontecer nas suas compras!