“São as nossas escolhas, mais do que as nossas capacidades, que mostram quem realmente somos.”

“São as nossas escolhas, mais do que as nossas capacidades, que mostram quem realmente somos.” 

É uma citação de Alvo Dumbledore, um personagem da saga Harry Potter, escrita por J.K. Rowling. Ele disse essa frase para Harry Potter no livro Harry Potter e a Câmara Secreta, para explicar que o que define uma pessoa não é o seu talento ou habilidade, mas sim as decisões que ela toma ao longo da vida. Essa frase é considerada uma das mais sábias e inspiradoras da série.

As escolhas que fazemos na vida revelam quem somos

Você já se perguntou o que determina a sua personalidade, o seu caráter, o seu destino? Será que são as suas capacidades naturais, como a inteligência, a criatividade, o talento? Ou será que são as suas escolhas, as suas ações, as suas atitudes?

Essa é uma questão que permeia a literatura, a filosofia, a psicologia e até mesmo a magia. Uma das obras que aborda esse tema é a saga Harry Potter, escrita por J.K. Rowling, que narra as aventuras de um jovem bruxo e seus amigos em um mundo fantástico.

Em um dos livros da série, Harry Potter e a Câmara Secreta, o protagonista se depara com um dilema: ele descobre que possui uma habilidade rara e perigosa, que o liga ao seu maior inimigo, o terrível Lord Voldemort. Harry se sente confuso e assustado, e se pergunta se ele pertence mesmo à casa de Grifinória, que valoriza a coragem, a lealdade e a justiça, ou se ele deveria estar na Sonserina, que preza a astúcia, a ambição e o poder.

É nesse momento que ele recebe um conselho sábio e inspirador de seu mentor, o diretor de Hogwarts, Alvo Dumbledore. Ele diz: “São as nossas escolhas, mais do que as nossas capacidades, que mostram quem realmente somos.”

Essa frase resume uma das lições mais importantes que a saga Harry Potter nos ensina: que o que define uma pessoa não é o seu talento ou habilidade, mas sim as decisões que ela toma ao longo da vida. As escolhas que fazemos na vida revelam os nossos valores, os nossos princípios, os nossos ideais. As escolhas que fazemos na vida moldam o nosso caráter, o nosso destino, o nosso legado.

Ao longo da história, vemos vários exemplos de personagens que fazem escolhas diferentes, mesmo tendo capacidades semelhantes. Por exemplo, Harry e Voldemort são ambos bruxos poderosos, que possuem uma conexão especial com a ofidioglossia, a capacidade de falar com as cobras. No entanto, Harry usa essa habilidade para ajudar seus amigos, enquanto Voldemort a usa para espalhar o terror. Harry escolhe lutar contra o mal, enquanto Voldemort escolhe se tornar o mal.

Outro exemplo é o de Hermione Granger e Draco Malfoy, que são ambos bruxos inteligentes, que se destacam nos estudos. No entanto, Hermione usa sua inteligência para defender os direitos dos outros, enquanto Draco a usa para humilhar os outros. Hermione escolhe ser amiga de Harry e Rony, que são de origem humilde, enquanto Draco escolhe ser inimigo deles, por serem de sangue impuro.

Esses exemplos mostram que as capacidades não são suficientes para definir quem somos. Elas podem ser usadas para o bem ou para o mal, dependendo das escolhas que fazemos. Por isso, devemos sempre nos perguntar: que tipo de pessoa eu quero ser? Que tipo de mundo eu quero construir? Que tipo de legado eu quero deixar?

As escolhas que fazemos na vida revelam quem somos. E quem somos é muito mais do que as nossas capacidades. Quem somos é o resultado das nossas ações, das nossas atitudes, das nossas palavras. Quem somos é o reflexo dos nossos valores, dos nossos princípios, dos nossos ideais. Quem somos é o fruto das nossas escolhas.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Os sites Ygor Freitas Hogwarts Brasil agora tem Canais no WhatsApp 

Acesse nossos canais de Notícias e Ofertas para ficar por dentro de todas as Novidades do Mundo Mágico de Harry Potter, Filmes e Séries. Receba também as melhores Promoções e Desconto da Amazon e Shopee

-> Canal de Notícias no WhatsApp 

-> Canal de Ofertas no WhatsApp