O Profeta Diário: Devolvam as nossas cestas!

Os fãs de quadribol estão revoltados com a decisão do Departamento de Jogos e Esportes Mágicos de destruir as cestas antigas do esporte mais popular do mundo bruxo. Segundo o departamento, as cestas eram obsoletas e inseguras, e deveriam ser substituídas por painéis eletrônicos que mostrariam os pontos em tempo real.

Mas os amantes do quadribol não concordam com essa mudança radical. Eles alegam que as cestas fazem parte da tradição e da história do jogo, e que os painéis eletrônicos tiram a graça e a emoção de acompanhar as jogadas. Além disso, eles temem que os painéis possam ser hackeados ou sabotados por times rivais ou torcedores mal-intencionados.

"Devolvam as nossas cestas!" Foi o que ecoou pelos campos de quadribol de todo o Brasil, na noite passada, quando ficou claro que o Departamento de Jogos e Esportes Mágicos resolvera incinerar as cestas antigas do quadribol que serviam para contabilizar os pontos. Milhares de pessoas se reuniram em protesto, vestindo as cores dos seus times favoritos e empunhando cartazes e faixas. Alguns chegaram a invadir os campos e tentar impedir a queima das cestas, mas foram contidos pelos aurores.

O Departamento de Jogos e Esportes Mágicos se defendeu dizendo que a medida visa modernizar e padronizar o quadribol, e que as cestas antigas serão preservadas em museus e exposições. O departamento também afirmou que os painéis eletrônicos serão testados e fiscalizados para garantir a segurança e a integridade dos jogos.

No entanto, os fãs de quadribol não se convenceram com essas explicações, e prometem continuar a luta pelas suas cestas. Eles dizem que o quadribol é mais do que um esporte, é uma paixão, e que as cestas são parte da sua identidade e cultura. Eles esperam que o Ministério da Magia reveja a sua decisão e respeite a vontade da maioria dos bruxos e bruxas que amam o quadribol.

Edição 12 de fevereiro de 1883

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem