Luna Lovegood uma bruxinha excêntrica muito amada pelos fãs



Luna Lovegood é uma bruxa britânica nascida em 13 de fevereiro de 1981, filha única de Xenofílio e Pandora Lovegood. Sua mãe morreu em um acidente com um experimento mágico quando Luna tinha nove anos, o que lhe permitiu ver os Testrálios, criaturas invisíveis para quem nunca presenciou a morte. Luna foi criada pelo pai, o editor-chefe da revista O Pasquim, uma publicação que divulga histórias sobre criaturas e fenômenos mágicos considerados inexistentes ou absurdos pela maioria dos bruxos. Luna herdou do pai o gosto pela leitura, pela pesquisa e pela crença em coisas que os outros duvidam ou zombam.

Luna ingressou na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts em 1992 e foi selecionada para a Casa Corvinal, conhecida por valorizar a inteligência, a criatividade e a originalidade. Luna se destacou por sua personalidade excêntrica, seu senso de humor peculiar e seu estilo de se vestir e de se adornar, que incluía usar um colar de rolhas de cerveja amanteigada, um brinco de cenoura e um diadema com um chifre de rabo-córneo. Luna também costumava ler revistas de cabeça para baixo, guardar sua varinha atrás da orelha e usar óculos especiais que lhe permitiam ver os Narguilés, seres que infestam as lareiras e que só podem ser vistos com esses óculos.

Por causa de suas excentricidades, Luna foi alvo de bullying e de apelidos maldosos, como Di-lua Lovegood, por parte de alguns colegas de Hogwarts, que roubavam seus pertences e os escondiam pela escola. Luna, no entanto, nunca se abalou com as provocações e sempre manteve sua postura tranquila e confiante. Ela também demonstrou ser uma amiga leal, sincera e corajosa, que apoiou Harry Potter e seus aliados em diversas ocasiões.

Luna se tornou amiga de Harry, Rony, Hermione e Gina no seu quarto ano, quando se juntou à Armada de Dumbledore, um grupo de estudantes que se reunia secretamente para aprender a se defender contra as Artes das Trevas, sob a orientação de Harry. Luna participou da Batalha do Departamento de Mistérios, em 1996, onde lutou contra os Comensais da Morte e foi ferida por um feitiço que lhe causou uma hemorragia no nariz. Ela também esteve presente na Batalha da Torre de Astronomia, em 1997, onde testemunhou a morte de Alvo Dumbledore, o diretor de Hogwarts e líder da Ordem da Fênix, uma organização secreta que combatia o Lorde das Trevas, Voldemort.

No seu sexto ano, Luna foi escolhida por Dumbledore para ser uma das pessoas que levariam Harry até a sua sala, caso ele precisasse de ajuda. Ela usou o seu diadema de rabo-córneo para encontrar Harry na Sala Precisa, onde ele estava escondido com Rony e Hermione após a invasão de Hogwarts pelos Comensais da Morte. Luna sugeriu que eles usassem o Retrato de Ariana Dumbledore, a irmã falecida do diretor, para escapar da escola e se encontrar com os membros da Ordem da Fênix. Ela também acompanhou Harry até a cabana de Hagrid, onde ele enterrou o corpo de Dobby, um elfo doméstico que morreu ao salvar Harry e seus amigos da Mansão Malfoy.

No seu sétimo ano, Luna foi sequestrada pelos Comensais da Morte, que a mantiveram como refém na Mansão Malfoy, junto com o Sr. Olivaras, um fabricante de varinhas, e outros prisioneiros. Eles queriam usar Luna como moeda de troca para obrigar seu pai a parar de apoiar Harry Potter em sua revista. Luna foi libertada por Dobby, que a levou para o Chalé das Conchas, a casa de Gui e Fleur Weasley, onde ela se reencontrou com Harry, Rony e Hermione. Luna ajudou Harry a entender o significado das Relíquias da Morte, três objetos mágicos que, segundo a lenda, foram criados pela própria Morte: a Varinha das Varinhas, a Pedra da Ressurreição e a Capa da Invisibilidade.

Luna voltou para Hogwarts com Harry, Rony e Hermione, usando um Testrálio, para participar da Batalha de Hogwarts, o confronto final entre as forças de Voldemort e as de Dumbledore. Luna reorganizou a Armada de Dumbledore com Gina e Neville Longbottom, e liderou os estudantes da Corvinal na defesa da escola. Ela também ajudou Harry a encontrar a Diadema Perdida de Ravenclaw, que era uma das Horcruxes de Voldemort, objetos que continham partes da sua alma e que precisavam ser destruídos para derrotá-lo. Luna lutou bravamente até o fim da batalha, que resultou na vitória de Harry Potter e na morte de Voldemort.

Após a guerra, Luna se tornou uma magizoologista, uma profissional que estuda as criaturas mágicas. Ela viajou pelo mundo em busca de novas espécies e catalogou várias delas. Ela se casou com Rolf Scamander, o neto de Newt Scamander, o autor do livro Animais Fantásticos e Onde Habitam, e teve dois filhos gêmeos, Lorcan e Lysander. Luna manteve sua amizade com Harry e seus amigos, e foi madrinha de Alvo Severo Potter, o filho mais novo de Harry e Gina.

Luna Lovegood é uma personagem que inspira admiração, simpatia e respeito por sua autenticidade, sua bondade e sua coragem. Ela é uma prova de que ser diferente não é um defeito, mas uma qualidade, e que a imaginação e a fé podem ser tão poderosas quanto a razão e a lógica. Ela é, sem dúvida, uma bruxa singular. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Os sites Ygor Freitas Hogwarts Brasil agora tem Canais no WhatsApp 

Acesse nossos canais de Notícias e Ofertas para ficar por dentro de todas as Novidades do Mundo Mágico de Harry Potter, Filmes e Séries. Receba também as melhores Promoções e Desconto da Amazon e Shopee

-> Canal de Notícias no WhatsApp 

-> Canal de Ofertas no WhatsApp