David Yates aborda o principal problema que encontrou em Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 e por que o filme não deveria ter acontecido

 

David Yates aborda o principal problema que encontrou em Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 e por que o filme não deveria ter acontecido
Daniel Radcliffe - Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1

O diretor de Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1, David Yates, explica por que o penúltimo filme da saga épica não deveria ter funcionado como sua própria história. Baseado nos amados romances de JK Rowling, o primeiro filme da franquia foi lançado em 2001. Yates ingressou na franquia em 2007 com Harry Potter e a Ordem da Fênix, permanecendo nas três sequências restantes.  

Amazon - Box Premium de Livros Harry Potter + Poster + Marca Páginas

Em uma entrevista recente ao Collider, Yates revela que um dos maiores problemas de Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 é que na verdade ele não teve um terceiro ato. O diretor explica que esse problema criou muitos problemas na área de edição enquanto tentavam criar um clímax no terceiro ato. 

Confira o comentário completo de Yates abaixo: 

"Oh, essa é uma boa pergunta. Provavelmente [Harry Potter e as] Relíquias da Morte - Parte 1]. O grande desafio desse filme foi que ele não tinha um terceiro ato. Ele meio que perdeu força no meio, e Mark [Day - o editor dos últimos quatro filmes de Potter] e eu muitas vezes sentávamos lá tentando descobrir e dizendo: 'Este filme não tem um terceiro ato. Como vamos...? Espere, isso é uma loucura. ... Não tem um terceiro ato.

“Esses dois filmes, Parte 1 e Parte 2, a ideia era que o primeiro fosse um road movie que fosse, tipo, tirar as crianças da escola, colocá-las em perigo fora daquele lugar seguro, e ver como eles crescem e seu relacionamento é testado, mas então você vai direto para o clímax e os fogos de artifício para o final.

“Então, nós reduzimos a Parte Um em pedaços para tentar sentir que o final do filme teve uma escalada quando, na verdade, é Jazz Hands. [Risos] Não há muita coisa acontecendo no final da segunda metade do filme, e digo isso com grande… As pessoas ainda me dizem: 'Meu filme favorito é Relíquias: Parte Um, cara. Foi incrível. Parecia um road movie europeu.' E eu digo, ‘Sim, mas o trabalho que fizemos na edição foi inacreditável’”. 

Hogwarts Brasil News: David Yates diz deixar o legado Harry Potter com dor no coração


Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 ainda funciona apesar de seu terceiro ato 

Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 continua sendo o único filme da franquia que se passa inteiramente fora de Hogwarts. Isso dá ao filme um estilo visual e uma atmosfera muito distintos em comparação com seus antecessores. A tensão aumenta ao longo do filme, com Harry (Daniel Radcliffe), Rony (Rupert Grint) e Hermione (Emma Watson) sendo constantemente caçados. Isso sem falar na inclusão de uma sequência semelhante a um filme de terror na casa de Bathilda Bagshot. 

Além do mais, Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 se aprofunda nas três pistas da história do que qualquer outro filme. O penúltimo episódio da franquia vê as tensões aumentarem entre Harry, Rony e Hermione como nunca antes, e as diferenças entre os personagens se tornam mais pronunciadas à medida que sua busca começa a parecer mais desesperadora. Além de proporcionar ao público alguns conflitos sérios entre os três heróis, o filme também apresenta alguns momentos tocantes dos personagens, incluindo um entre Harry e Hermione. 

O problema de dividir o último livro de Rowling em dois filmes, como explica Yates, é que a primeira parte sempre parecerá um prelúdio para eventos maiores que estão por vir. Afinal, o clímax do terceiro ato em Harry Potter 7 é essencialmente uma fuga da prisão em pequena escala, que parece um pouco baixa em comparação com os filmes anteriores e posteriores. Dito isto, no entanto, Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 ainda assume riscos tonais e narrativos suficientes para parecer uma entrada digna e emocionante na franquia. 

Leitura obrigatória: Harry Potter: Viktor Krum era um Comensal da Morte?

Conteúdo relacionado: Warner Bros acaba de confirmar nossos piores medos sobre Harry Potter e o Senhor dos Anéis

Fontes: Collider – ScreenRant

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Os sites Ygor Freitas Hogwarts Brasil agora tem Canais no WhatsApp 

Acesse nossos canais de Notícias e Ofertas para ficar por dentro de todas as Novidades do Mundo Mágico de Harry Potter, Filmes e Séries. Receba também as melhores Promoções e Desconto da Amazon e Shopee

-> Canal de Notícias no WhatsApp 

-> Canal de Ofertas no WhatsApp