Hoje completa 24 anos desde a primeira publicação de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban


Há exatamente 24 anos, em 8 de julho de 1999 a Editora Bloomsbury Publishing publicava pela primeira vez o livro de "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban".

No Brasil o livro foi publicado pela Editora Rocco em 1 de dezembro de 2000. 

O livro conta sobre o terceiro ano de Harry Potter na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Sem a aparição de Voldemort, a trama apresenta um novo perigo para o personagem principal: Sirius Black, que teria assassinado treze pessoas com um único feitiço, fugiu da prisão de Azkaban e estaria agora o perseguindo para matá-lo. O garoto, junto com seus dois amigos, Rony e Hermione, começam a investigar o suposto assassino e acabam descobrindo muitos segredos que envolvem sua já falecida família.

O livro foi primeiramente publicado no Reino Unido no dia 8 de julho de 1999 pela editora Bloomsbury e nos Estados Unidos no dia 8 de setembro de 1999 pela editora Scholastic. No Brasil, a editora Rocco lançou o livro no primeiro dia de dezembro do ano de 2000 e em Portugal no dia 31 de março de 2000 pela editora Presença. Segundo Rowling, esse foi um dos livros mais fáceis de escrever, levando apenas um ano para ser finalizado. O romance vendeu mais de 68 mil cópias em seus primeiros três dias de lançamento no Reino Unido, e desde então contém mais de três milhões de cópias vendidas no país. O livro venceu o Whitbread de melhor livro infantil de 1999, o Bram Stoker Awards, o Locus de Melhor Romance de Fantasia, e foi indicado para muitos outros prêmios, incluindo o Hugo. Alguns consideraram o livro como "mais obscuro" do que os anteriores e notaram uma mudança na escrita de Rowling, dizendo que os personagens foram mais bem desenvolvidos e interessantes. Assim como os outros romances da série, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban desencadeou alguns debates religiosos. 

Fonte: Wikipedia

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem