JK Rowling diz que depois de Hitler virou Stalin


JK Rowling se transformou de uma heroína para os milhões de fãs de Harry Potter em todo o mundo para, uma espécie de vilã, depois que suas opiniões francas sobre as questões trans foram consideradas como transfóbicas para alguns. 

Em uma resposta no Twitter de um odiador, a escritora de Harry Potter respondeu ironicamente que ela passou de "ser comparada a Hitler" para mais próxima da ideologia de Stalin. 

No tweet, JK Rowling declara ironicamente que passou "da ideologia de Hitler" para a de Stalin, esperando ser comparada a Vlad, até o final do ano. 

"Muito animada em anunciar que depois de um longo período sendo Literalmente Hitler, me tornei Ideologicamente Stalin. Com sorte, trabalho duro e seu apoio contínuo, acredito que posso ser Vlad, o Empalador até o Natal."

JK Rowling apareceu no último episódio do podcast The Witch Trials of JK Rowling, onde ela comentou sobre os tweets que causaram uma tempestade entre seus seguidores. Para recapitular, a famosa autora postou um tweet em 19 de dezembro, onde mostrou seu apoio a Maya Forstater. De acordo com o The Guardian, Forstater era uma pesquisadora que perdeu o emprego devido a suas crenças de gênero, alegando que "mulheres transgênero não podiam mudar seu sexo biológico". 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem