Steven Spielberg diz que não se arrepende de ter recusado Harry Potter

 

Steven Spielberg diz que não se arrepende de ter recusado Harry Potter

Steven Spielberg recusou o cargo de diretor do filme Harry Potter e a Pedra Filosofal, e mesmo com todo o sucesso da saga, ele disse não se arrepender da decisão.

Quando convidado para dirigir Harry Potter e a Pedra Filosofal, ele recusou por não querer ficar meses em outro país, afastado de sua família. 

"Eu sacrifiquei uma grande franquia, o que hoje, olhando para trás, estou muito feliz por ter feito."

Durante a conversa, Spielberg falou sobre como fazer cinema e a vida pessoal se entrelaçam quando você se torna um diretor de sucesso, e esse é um dos temas de The Fabelmans – um filme muito inspirado na vida do próprio diretor. 

Spielberg explicou que assumir um projeto como Harry Potter significa ter que morar em uma cidade ou país diferente e, na maioria das vezes, você não pode levar sua família com você:

“O significado pessoal sobre [como o conflito entre] arte e família vai partir você ao meio aconteceu comigo depois, depois que eu já havia me estabelecido como cineasta, como diretor ativo. Kate [Capshaw] e eu começamos a criar uma família e começamos a ter filhos. […] A escolha que tive de fazer em aceitar um emprego que me levasse para outro país por quatro ou cinco meses, onde não veria minha família todos os dias… Foi uma experiência de cortar a respiração.[…] Foram várias. filmes que escolhi não fazer. Eu escolhi recusar o primeiro 'Harry Potter' para basicamente passar o próximo ano e meio com minha família, meus filhos crescendo. Então eu sacrifiquei uma grande franquia, que hoje, olhando para trás, estou muito feliz por ter feito, para estar com minha família.” 



Fonte: Collider e Reliance

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem