Harry Potter: 10 pontos da trama que não significam nada, a menos que você tenha lido os livros

 

Pontos de Harry Potter que só fazem sentido para quem leu os livros
Foto: Reprodução/Warner Bros 

Os filmes fazem um trabalho decente ao adaptar os principais pontos da trama dos livros, garantindo que o público entenda o que está acontecendo e por quê. Porém, devido a alguns detalhes serem cortados do livro, algumas tramas e acontecimentos não fazem sentido no filme e só o leitor pode entender.


Harry ficando com os Dursleys

Um fio condutor da saga de Harry Potter é que Harry passava todos os verões com os Dursleys durante seus anos em Hogwarts. Dado o quão miserável era sua vida lá, muitos se perguntavam por que ele tinha que voltar todos os anos, especialmente quando tinha escolhas melhores em livros posteriores, como Rony ou Sirius. 

A série de livros explica que ficar com os Dursleys é vital para a sobrevivência de Harry. Harry Potter e a ordem da Fênix revela que a maldição protetora que Lilian Potter colocou em Harry após sua morte só vai durar enquanto ele viver com os Dursleys, seus únicos parentes de sangue. No entanto, esse detalhe não aparece nos filmes deixando os espectadores se perguntando por que Harry tem que aguentar as más condições de vida impostas a ele por seus parentes brutos e chorões. 


Snape é o Príncipe Mestiço 

Na verdade, muito da história de Snape no livro foi deletada do filme. O livro revela que o nome de solteira da mãe de Snape era Prince e que ela se casou com um trouxa, fazendo de Snape um mestiço e ganhando assim o nome que ele criou para si mesmo: o príncipe Mestiço. Infelizmente, os espectadores que não leram os livros permanecer no escuro sobre a história compelido a admitir que Snape era o príncipe mestiço sem qualquer explanação. 


O fragmento de espelho 

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2, Harry é visto com um pedaço do Espelho Mágico que mais tarde o leva a Aberforth. Os espectadores ficarão se perguntando o que é o fragmento e como Harry o conseguiu, a menos que leiam os livros. 

Nos livros, Harry recebe de Sirius um espelho que lhe permite vê-lo através de outro espelho que seu padrinho tinha. Harry quebra seu espelho quando o impede de ver Sirius depois que ele morre, mas ele retém um fragmento que salva sua vida depois que ele, Rony e Hermione são capturados por Malfoy. Nada disso é visto nos filmes, tornando a morte de Sirius uma trama inacabada de Harry Potter.


Relacionamento de Fleur com Gui 

A relação de Fleur com Gui raramente é mencionada no filme, já que Gui não é apresentada ao universo cinematográfico até o sétimo filme. Portanto, os espectadores que não conhecem os livros não têm ideia de como será o relacionamento deles. 

A relação entre Fleur e Gui é explicada em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, onde o leitor encontra Gui e redescobre Fleur. Não apenas isso, nem o resto dos Weasleys (exceto Rony) nem Hermione gostavam de Fleur. Se os espectadores quisessem entender como esse relacionamento surgiu, eles deveriam ler livros.


A fuga de Bartô Crouch Jr. de Azkaban

Um dos grandes mistérios do filme que todos devem pensar é como Bartô Crouch Jr. conseguiu escapar da prisão aparentemente inescapável de Azkaban em Cálice de Fogo. O filme não dá detalhes, mas os livros sim. 

No livro, Dumbledore entrevista Barto Crouch Jr., que revela que ele e sua mãe enganaram os dementadores para que se mudassem para Azkaban porque os dementadores não achavam que eles eram criaturas normais. Desta forma, Barto conseguiu escapar, e sua mãe morreu em Azkaban, como ele. Nada disso é abordado no filme, então quem não leu os livros fica se perguntando como Barto conseguiu escapar sem que ninguém percebesse.


Os Marotos

Uma das inconsistências mais perturbadoras entre os livros e filmes de Harry Potter é a omissão da identidade dos Marotos. Os espectadores são, portanto, forçados a usar dicas contextuais para resolver esse problema. 

Os leitores deste livro descobrem que os Marotos são Remo Lupin, Pedro Pettigrew, Sirius Black, Tiago Potter, também conhecido no original como Mooney, Wormtail, Badfoot e Fork (Aluado, Rabicho, Almofadinhas e Pontas). Nenhuma dessas informações é dada a Harry no filme, apesar das ricas dicas de Lupin. No resto do filme, Barata se refere a Peter, Sirius é chamado de Almofadinhas várias vezes, apelidos não desempenham nenhum papel e Harry não sabe quem eles são.


A intenção de Harry em se tornar um Auror 

Harry Potter tomou muitas decisões estúpidas no filme, mas provar que ele estava certo foi sua decisão de aprender a ser um Auror, como vimos em Enigma do Príncipe. Infelizmente, os espectadores não sabem quando ou por que Harry teria esse desejo. 

Para entender isso, os fãs devem ler Ordem da Fênix, onde Harry revela suas intenções à Professora McGonagall durante uma sessão de aconselhamento profissional. Enquanto uma cena divertida do livro se transforma em uma briga entre a Professora McGonagall e Umbridge, ela não entra no filme, deixando o desejo de Harry de ser um Auror completamente ignorado e levado ao Enigma do Príncipe. Pela sua importância na trama.


Rita Skeeter 

Nos livros, Rita Skeeter é um animago secreto capaz de se transformar em um besouro para saber as últimas fofocas. Hermione descobre e a surpreende no final do livro, chantageando Rita para ajudar Harry a promover Voldemort no próximo livro. Mas os principais pontos da trama, bem como a importância de Rita, são removidos do filme, deixando-a como uma personagem séria com pouco impacto real.


Monstro Servindo Harry Potter

De acordo com os livros, quando Sirius morreu, seu testamento deixou tudo para Harry, incluindo Monstro. Ainda culpando Monstro pela morte de seu padrinho, Harry não lidou com ele, em vez disso o mandou para as cozinhas de Hogwarts. Independentemente disso, Monstro serve a Harry porque ele não tem outra escolha. Só mais tarde, depois que Harry lhe deu a Medalha de Regulus, ele ofereceu seu serviço. Nenhum desses detalhes aparece no filme, então os espectadores só precisam aceitar que Monstro agora serve a Harry. 


Snape encontra Harry na Floresta do Dean 

No sétimo filme, Snape escondeu a espada da Grifinória no lago congelado e pediu a Harry para encontrá-la, mas os fãs que não leram o livro original não sabem como Snape sabia onde ela estava.

A resposta está no livro. Phineas Nigellus Black, que conseguiu transferir a pintura de Harry para outro no escritório de Dumbledore, foi o responsável por informar Snape de seu paradeiro. No entanto, o personagem foi cortado do filme, deixando a questão do encontro de Snape com os heróis na floresta do Dean sem resposta.

Fonte: ScreenRant

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Os sites Ygor Freitas Hogwarts Brasil agora tem Canais no WhatsApp 

Acesse nossos canais de Notícias e Ofertas para ficar por dentro de todas as Novidades do Mundo Mágico de Harry Potter, Filmes e Séries. Receba também as melhores Promoções e Desconto da Amazon e Shopee

-> Canal de Notícias no WhatsApp 

-> Canal de Ofertas no WhatsApp