Molly Russell twittou para JK Rowling antes de tirar sua própria vida

 

Molly Russell Twittou para JK Rowling antes de se suicidar

Antes de se suicidar Molly Russell twittou para YouTubers, rappers e até JK Rowling.

Pai de Molly Russell, Ian Russell, alegou no tribunal que as empresas de mídia social ajudaram no suicídio de sua filha e que o conteúdo censurável continua sendo nessas plataformas. Meta e Pinterest foram autorizados a serem partes interessadas.

Molly Russell, tirou sua própria vida com apenas 14 anos de idades, a menina de Londres, tirou a vida em novembro de 2017. A garota foi exposta a conteúdo gráfico que retratava automutilação e suicídio em plataformas de mídia social, o que a levou a entrar em uma depressão grave. E para sair disso, Molly Russell procurou ajuda de YouTubers, rappers e da criadora de Harry Potter JK Rowling.

No tribunal em Londres o pai de Molly, Ian Russell, disse hoje quinta-feira (22) que a mídia social ajudou a matar sua filha devido ao conteúdo censurável nas plataformas.

Em um inquérito, Ian informou que sua filha teria entrado em contato com a popular YouTuber Salice Rose, a rapper Phora e a famosa autora de fantasia escritora de Harry Potter JK Rowling no Twitter. Acessando sua conta após seu suicídio, Ian descobriu que Molly havia enviado vários tweets para seus “ídolos”, mas que nenhum deles respondeu.

Na mensagem enviada para Rose e Phora, Molly dizia que precisava de ajuda e que queria mudar de vida sem ser julgada.

Já para JK Rowling ela escreveu que sua mente estava cheia de pensamentos suicidas e que ler Harry Potter era sua única saída.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Os sites Ygor Freitas Hogwarts Brasil agora tem Canais no WhatsApp 

Acesse nossos canais de Notícias e Ofertas para ficar por dentro de todas as Novidades do Mundo Mágico de Harry Potter, Filmes e Séries. Receba também as melhores Promoções e Desconto da Amazon e Shopee

-> Canal de Notícias no WhatsApp 

-> Canal de Ofertas no WhatsApp