JK Rowling é contra política que permite mulheres trans se tornarem cuidadoras

 


JK Rowling se envolve em nova polêmica com a comunidade trans no Twitter.

A autora de Harry Potter usou sua conta no Twitter para emitir novamente sua opinião sobre as novas políticas que irão permitir que mulheres trans se tornem cuidadoras de mulheres com deficiencias e/ou desfavorecidas.

Começou onde Rowling compartilhou um artigo do site "Transgender Trend" o artigo destaca que mulheres jovens tem o direito de ter outras mulheres cuidando de seus cuidados íntimos, o artigo pode ser lido aqui em inglês.

No Twitter JK Rowling afirmou "Não posso exagerar meu desprezo por aquelas políticas de apoio que colocam em risco meninas extremamente vulneráveis. Isso é uma travessura." 

Em seguida ela questionou "Não aprendemos nada com os sucessivos escândalos de abuso? Valorizamos tão pouco os deficientes?" 

E então ela falou sobre sua instituição de caridade a Lumos "Há quase 20 anos eu fundei a Lumos para reformar os sistemas de cuidados para crianças vulneráveis. Sei por longa experiência como as crianças são vulneráveis ​​nas instituições." 

E para concluir ela disse"As estatísticas sobre predação são terríveis. Mulheres e crianças com deficiência são muitas vezes mais propensas a serem abusadas." 

JK Rowling é contra que cuidadoras transgêneros possam cuidar de mulheres com deficiencias ou desfavorecidas, incluindo crianças e adolescentes que se enquadram em uma dessas duas situações.

"Predadores vão onde tem acesso. Os predadores adoram vítimas que não podem revidar ou falar" se referindo vítimas deficientes que não possam revidar ou testemunhar a agressão sofrida.

E então ela continuou relatando o motivo de sua preocupação"

"Estudos sucessivos mostram que 98% a 99% dos abusadores sexuais são do sexo masculino. Essa validação dos sentimentos masculinos sobre a proteção das meninas deficientes é abominável. Estou com tanta raiva que minhas mãos estão tremendo. Sou filha de uma mãe deficiente e faço campanha pelos direitos das crianças vulneráveis ​​há muitos anos, mas ainda fico constantemente chocada com a crueldade e a indiferença mostradas àqueles que não podem se defender" finalizou JK Rowling em seu Twitter.

JK Rowling tem sido duramente críticada no Twitter desde 2020 quando ela emitiu pela primeira vez sua opinião sobre a comunidade trans, desde então diversas celebridades criticaram seu posicionamento, incluindo Daniel Radcliffe (Harry Potter), Emma Watson (Hermione Granger) e Rupert Grint (Rony Weasley).

Ygor Freitas

Executivo, apaixonado por séries e cinema, editor e redator na Hogwarts Brasil. Também curto umas paradas aí! Já se foi o disco voador facebook instagram twitter sobre mim

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem