Lições de vida que aprendemos com a série Harry Potter

 


A saga Harry Potter é sobre amor, acolhimento e tolerância, pensando nisso separamos as lições para vida que aprendemos com a turma de Hogwarts.

A Amizade

Harry Potter é sobre a amizade independente das classes sociais, vemos Harry Potter, Rony Weasley e Hermione Granger formar um trio inseparável. Harry e Rony até podem brigar algumas vezes mas quando um realmente precisava do outro eles estavam ali.

Amizade é sobre não abandonar aquelas pessoas que são muito importantes para serem deixadas de lado.

As habilidades mágicas são ótimas, mas uma varinha não resolve todos os problemas. 

As Crenças

Quando somos crianças experimentamos admiração e fé sem precisar de realidade e evidência. Já os adultos tendem a crescer fora desse senso de crença cega, mas a magia encoraja as pessoas a experimentarem coisas antes consideradas impossíveis, como vôo, poções e encantos.

O Amor 

Um dos principais temas de Harry Potter é o amor, “o amor dos pais é sem fim ou pelo menos até o fim" assim como vemos com Lilian Potter o seu amor de mãe salvou a vida de seu filho.

Molly Weasley que duela com Bellatrix Lestrange para defender sua filha Gina Weasley e Narcissa Malfoy desafiou o Lorde das Trevas para proteger Draco. 

A Família

A Família não é necesariamente de sangue e sim aquela que te acolhe e em Harry Potter isso fica claro. Harry Potter embora negligênciado por seus tios verdadeiros, ele foi fortemente acolhido - seus amigos o apoiaram em sua jornada por Hogwarts, Molly Weasley foi para ele como a mãe que ele nunca teve, e Dumbledore foi um mentor para Harry mesmo que algumas de suas decisões sejam questionáveis.

A moral

Todos merecem uma chance de redenção. É fácil atribuir rótulos amplos como certo e errado, mas nem sempre sabemos a realidade.

Como um valentão da escola e um pai solene, Draco Malfoy é um personagem extremamente falho, com a chance de restaurar a honra de sua família matando Alvo Dumbledore, Malfoy hesita em cometer o assassinato.

A ambição

O diretor de Hogwarts parece fazer um comentário bobo e improvisado sobre não receber presente de Natal: “Nunca se pode ter meias suficientes”, essa é a visão de Dumbledore no Espelho encantado de Ojesed.

*Ojesed = Desejo escrito ao contrário.

Seu maior desejo mostra o arrependimento de Dumbledore por perseguir suas ambições sobre sua família. O seu mais puro e verdadeiro desejo de coração é “sua família viva, inteira e feliz… junto com ele”. 

A sua busca e seus meios por glória e riqueza nunca devem ultrapassar o valor de seus amigos e familiares fiéis.

A Felicidade

"A felicidade pode ser encontrada mesmo nos momentos mais sombrios se alguém apenas se lembrar de acender a luz" um pouco de otimismo em momentos sombrios pode ser saudável, cabe ao indivíduo selecionar seu humor e como abordar várias situações. Mesmo que as condições sejam duras e assustadoras, permanecer positivo pode levar à superar os problemas e dar a volta por cima.

A morte

A morte é uma parte essencial da vida humana, Alguns não acreditam em uma vida pós morte (seja ela o céu, a reencarnação, o umbral, inferno ou qualquer outra), mas também aqueles que aceitam esses caminhos e descobrem que a morte é apenas a próxima etapa a ser seguida, algo que vemos na cena de Alvo Dumbledore falando com Harry no limbo.

Superficial 

A maior ansiedade de Rony Weasley é seu valor incerto em sua família, "Haverá um dia em que você terá que deixar suas inseguranças de lado, e nesse dia você começará a viver" muitas vezes a desconfiança em nós mesmos faz com que a gente tenha medo por motivos superficiais.

Buscar alguma aprovação externa não é inerentemente errado nem desnecessário, mas aqueles que obtêm confiança estabelecendo seus próprios valores e se colocando em prática podem achar que a satisfação geral é sustentável.

Agradecimento

Cedrico deveria ser o único representante de Hogwarts no Torneio Tribuxo, mas Harry Potter surgiu e se tornou o segundo campeão da escola. Cedrico lembrou que Harry o avisou sobre o primeiro desafio da competição. Então nada mais justo, que ele também o alertasse sobre o segundo. Embora Cedrico não devesse nada para Harry ele foi humano o bastante para fazer o bem.
Ygor Freitas

Executivo, apaixonado por séries e cinema, editor e redator na Hogwarts Brasil. Também curto umas paradas aí! Já se foi o disco voador facebook instagram twitter sobre mim

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem