O ex-diretor de Harry Potter James Scott McKnight planeja a franquia 'As luzes invisíveis'

 


James Scott McKnight trabalhou durante 7 anos nos filmes de Harry Potter, agora o ex-diretor de Harry Potter está criando seu próprio universo.

McKnight é o autor da franquia The Invisible Lights a história é cantrada em Elliott de 18 anos e vários mundos conectados.

As informações são do portal internacional Deadline.

Muitos começariam com um livro ou até mesmo uma série, McKnight já tem muita experiência de Harry Potter e de seus trabalhos anteriores como Lord of the Rings, Moshi Monsters e Hello Kitty, ele está planejando algo muito maior, um grande lançamento para sua franquia que incluirá uma Série de TV, podcast, novela gráfica e livros.

O projeto de James Scott McKnight está em produção junto a UTA que está trabalhando no projeto, a previsão é que o lançamento já aconteça no começo de junho.

Veja o que ele disse: "Todo mundo fala sobre franquias como Marvel. Em vez de ser um princípio de organização de negócios, eu me perguntei se poderia ser uma estratégia criativa desde o início?, decidi que não vou apenas escrever um programa de TV, não vou apenas escrever um romance, vou tentar construir um mundo e ver onde isso me leva". 

A trama 

The Invisible Lights é ambientado em um mundo que está conectado através de um portal com outros mundos. "Light" possui quatro continentes eles divididos pelo clima e cada continente está conectado com um outro mundo. No entanto, os portais foram embora e seguindo seu próprio rumo, esta história reconecta esses mundos mostrando como eles mudaram.

O personagem principal é Elliott, de 18 anos, ele passa por uma tragédia logo no início de sua história, quando sua mãe, a única pessoa que ele conhece, acaba morrendo em um acidente de carro. Ele então descobre muito sobre ele mesmo e acaba em uma grande investigação que é liderada por um investigador particular que anteriormente estava trabalhando com sua própria mãe. Tornando em uma jornada de descoberta para Elliott, ele é um pouco introvertido de São Francisco, e também deste mundo inteiro.

A história de "as luzes invisíveis" se concentra na ação que acontece em um mundo, já o podcast é planejado para contar as histórias que estão acontecendo simultaneamente no outro mundo.

Por fim McKnight brincou "Parece que eu posso ser algum tipo de professor maluco". 

A história parece ser boa e um universo para ser expandido, isso claro que se for bem explorado, aguardamos ansiosamente pelo resultado final do projeto. 
Ygor Freitas

Executivo, apaixonado por séries e cinema, editor e redator na Hogwarts Brasil. Também curto umas paradas aí! Já se foi o disco voador facebook instagram twitter sobre mim

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem