Johnny Depp é novamente acusado de agressão e terá de retornar aos tribunais em julho

 


Embora o processo movido por Johnny Depp contra Amber Heard tenha chegado ao fim hoje, o ator de Grindelwald em AF2 terá de retornar aos tribunais em julho.

Johnny Depp está sendo acusado de agressão novamente desta vez por Gregg Brooks.

Segundo o denunciante a suposta agressão teria acontecido enquanto Depp e Brooks trabalhavam juntos na gravação do filme "Cidade de Mentiras" (2008).

Gregg acusa Depp de tê-lo agredido em abril de 2017 logo após o encerramento das gravações, o processo foi aberto em abril do mesmo ano e a BBC na época teve acesso a informações restritas.

Brooks que era gerente de locação tinha conseguido duas autorizações para gravar o longa por um tempo maior, no entanto quando o relógio bateu 23 horas, o responsável do hotel pediu para a equipe se retirar, Brooks levou a informação e foi então que supostas agressão aconteceu.

A próxima de ida Depp nos tribunais acontecerá em Los Angeles e está marcado para 25 de julho.

Segundo Brooks denunciou Johnny Depp lhe disse "Você não tem direito de me dizer o que fazer!", na ocasião Brooks teria informado que as gravações haviam sido encerradas e então Johnny lhe deu dois socos na costela e ainda ofereceu US$ 100 mil para que ele o socasse de volta. 

Na ocasião a produção só tinha autorização para trabalhar até às 19 horas do lado de fora do hotel e até às 22 horas dentro do mesmo.


Ygor Freitas

Executivo, apaixonado por séries e cinema, editor e redator na Hogwarts Brasil. Também curto umas paradas aí! Já se foi o disco voador facebook instagram twitter sobre mim

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidades

Anúncio