JK Rowling é citada em julgamento de Johnny Depp

 


A autora de Harry Potter, JK Rowling foi citada no julgamento de Johnny Depp contra sua Ex-esposa Amber Heard.

Lá em 2013 por volta do mês de julho, Johnny Depp negociava a venda de seu iate para JK Rowling. 

Em novo depoimento Amber Heard comentou sobre o abuso de Johnny Depp que aconteceu no período. 

Amber Heard alega que Johnny Depp estava enfurecido por ter que vender o seu iate, a ocasião fez com que o astro de piratas do caribe começasse a beber além dos limites.

Veja o que a atriz de Mera em Aquaman disse: "Johnny estava chateado por ter que vender seu barco e ele estava fora do vagão novamente, mas ele não queria contar a seus filhos, então ele estava escondendo isso deles. Ele estava colocando em xícaras de café e bebendo e o comportamento era tipo, ele estava chateado, ele estava emocional e foi assim que ele lidou com isso, apenas beba. Mas, não havia botão de desligar com Johnny. Então, ele continuou bebendo e o comportamento continuou ficando mais obviamente bêbado." 

Amber Heard ainda disse que ela, Johnny Depp, seus filhos Lily-Rose e Jack, e um outro ajudante saíram para um último “adeus” no barco que ele estava prestes a vender. 

Depp começou a beber muito quando eles estavam brincando de pular na água, Johnny se jogou de peito de uma maneira muito estranha.

Amber Heard continuou "Parecia um pouco assustador, a forma como o corpo dele caiu na água e Lily-Rose começou a chorar e então o choro se torna quase como um ataque de pânico, respiração rápida, choro, muitas perguntas e eu estou segurando ela, meio que confortando-a e Johnny entra e em poucos segundos percebi que ele meio que mudou sua atenção para mim e parecia muito zangado." 

"Ele pede para Lily-Rose ir embora... e ele começa a me acusar de denunciar ele e chamá-lo de bêbado na frente de seus filhos. Eu não tinha feito isso. Na verdade, eu estava tentando proteger Johnny. Não parecia meu lugar compartilhar isso com sua filha ou qualquer um na época." 

Amber diz que o ocorrido levou a outra agressão da parte de Johnny Depp, no tribunal ela revelou "Ele me bateu [contra a parede da cabana] pelo meu pescoço e me segurou lá e me disse que ele poderia me matar e que [eu] era uma vergonha." 

As informações do site internacional CinemaBlend.

Petição pedindo a volta de Johnny Depp em Piratas do Caribé 6 já acumula quase meio milhão de assinaturas, enquanto petição pedindo a remoção de Amber Heard de Aquaman 2 já atinge quase 3,5 milhões de assinaturas. 
Ygor Freitas

Executivo, apaixonado por séries e cinema, editor e redator na Hogwarts Brasil. Também curto umas paradas aí! Já se foi o disco voador facebook instagram twitter sobre mim

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem