Há 24 anos Harry achava a Horcrux Diadema de Rowena Ravenclaw

 


Hoje está fazendo 24 anos que Harry Potter encontrou o diadema de Rowena Ravenclaw que Lord Voldemort o impregnou de Mágia Negra para criar uma Horcrux.

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte Harry ja desconfiava que algumas das Horcrux de Voldemort seriam objetos dos criadores de Hogwarts. Então quando Harry entrou na mente de Voldemort (involuntariamente) viu que uma das Horcrux estava em Hogwarts.

Na escola de Mágia e Bruxaria de Hogwarts, depois de conversar com outros alunos, Luna Lovegood disse a Harry que poderia ser o Diadema Perdido de Rowena Ravenclaw, ninguem vivo sabia do paradeiro desse diadema, então, ele deveria falara com alguém que estava morto, a filha de Rowena, o fantasma da Corvinal, Helena Ravenclaw, A Mulher Cinzenta.

O Diadema da Ravenclaw (também conhecido como o Diadema Perdido da Ravenclaw) foi a única relíquia conhecida que pertencia a Rowena Ravenclaw, uma das fundadoras de Hogwarts ela fundou a Casa da Corvinal. Gravada em sua superfície estava a famosa citação de Ravenclaw: "Inteligência além da medida é o maior tesouro do homem." 

Helena Ravenclaw é filha de Rowena Ravenclaw, ela invejava muito a atenção que sua mãe recebia. Então ela roubou o diadema de sua mãe, na esperança de usar seu poder para se tornar mais sábia, e fugiu de Hogwarts. Sua mãe adoeceu mortalmente e, apesar da traição de Helena, queria ver a filha uma última vez. Rowena enviou o Barão Sangrento, um homem que uma vez amou Helena, para encontrá-la. Quando ele a alcançou em uma floresta na Albânia (a mesma floresta, Lord Voldemort usaria como esconderijo durante seu exílio), ela escondeu o diadema em uma árvore oca. Após sua recusa em voltar com ele, o Barão a esfaqueou; horrorizado com o que acabara de fazer, o barão se apunhalou também. Mais tarde, o diadema foi perdido (daí surgiu nome "o diadema perdido") e foi procurado por estudantes por centenas de anos, até que Lord Voldemort o encontrou e o usou como uma de suas Horcrux.
Ygor Freitas

Executivo, apaixonado por séries e cinema, editor e redator na Hogwarts Brasil. Também curto umas paradas aí! Já se foi o disco voador facebook instagram twitter sobre mim

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem