Header Ads Widget

Agora

6/recent/ticker-posts

Harry Potter: Os mais notáveis Diretores de Hogwarts em ordem cronológica

Dumbledore pode ser o diretor de Hogwarts mais conhecido, mas ele era o mais notável? E quem veio primeiro?


Para a maior parte da série Harry Potter , Dumbledore foi o Diretor de Hogwarts, e para muitos fãs ele sempre será o bruxo ou bruxa mais icônico a liderar a escola. No entanto, mesmo dentro da série original, houve alguns outros que assumiram o papel ao longo dos anos. Dolores Umbridge, Severus Snape e Minerva McGonagall ocuparam o cargo durante o tempo de Harry na escola (ou quando ele deveria estar na escola, mas estava perseguindo Horcruxes).

Alguns outros diretores também são mencionados na série. O antecessor de Dumbledore, Armando Dippet, recebe algumas menções, e também aparecem outros que ocupam seus retratos no Escritório, como Phineas Nigellus Black. Mas, com base em todo o cânone de Harry Potter, qual dos diretores conhecidos vale a pena lembrar (e quais são apenas retratos de fundo)?

Primeiro Diretor Sem Nome (Por Volta Do Século 11)
Nada se sabe sobre este diretor, nem mesmo seu nome - mas eles são mencionados por dois motivos. Primeiro, porque nenhum dos quatro fundadores jamais foi Diretor, embora cada um fosse o 'chefe' de sua própria casa (obviamente). Segundo, porque havia uma estátua do primeiro diretor da escola, que é mencionada de passagem. Mesmo que ele não tivesse muitas outras conquistas, ser o primeiro diretor vale alguma coisa!

Elizabeth Burke era diretora de Hogwarts e uma das poucas sonserinas a aceitar o cargo. Ela pode ter sido parente do Burke de Borgin & Burkes , e era conhecida por favorecer sua própria casa e encorajar seus alunos a serem 'desagradáveis ​​com os sangue-ruins'. Dos extras de DVD e jogos, sabe-se que seus retratos pairavam sobre as entradas para atalhos ara as masmorras, que os sonserinos poderiam usar com uma senha.

Dilys Derwent é descrito na própria série como um dos " Chefes mais célebres de Hogwarts. Sua fama é tal que ambos têm retratos pendurados em outras importantes instituições bruxas". Ela foi diretora de 1741-1768, uma curandeira que deixou o emprego em St. Mungos para assumir o cargo. Ela é mencionada na série, já que seus retratos em Hogwarts e St. Mungos são usados ​​para enviar mensagens quando necessário (como quando Arthur Weasley é atacado).

Everard é o segundo diretor mencionado ao lado de Dilys como um dos 'mais celebres'. Ao contrário de Dilys, porém, seu retrato não está no St. Mungus, mas no Ministério da Magia.

Ele também estava envolvido em uma comunicação importante entre Dumbledore e os outros quando Arthur Weasley foi atacado, bem como entre o Ministério e McGonagall quando Dumbledore foi morto. O que ele fez para se tornar tão famoso, no entanto, é desconhecido.

Quentin Trimble não é mencionado na série como muitos outros diretores mais notáveis, mas como muitos, ele também era um autor. Os diretores anteriores eram conhecidos por escrever muitos livros sobre magia, mas o de Trimble é definitivamente a realização mais significativa, pois ele escreveu o livro que mais tarde seria usado por todos os alunos em Defesa Contra as Artes das Trevas.

Phineas Nigellus Black
Os fãs de Harry Potter estão muito familiarizados com Phineas Black, porque ele não é apenas o último diretor da Sonserina na época da série, ele é parente de Sirius Black, e seu retrato está pendurado no Largo Grimmauld. Não se sabe muito sobre sua época como Diretor, a não ser o fato de que ele não era popular em sua Casa. Durante os eventos da série, porém, ele é um aliado relutante da Ordem da Fênix.

Armando Dippet
O Diretor Dippet era o Diretor quando Dumbledore estava trabalhando na escola, e seu predecessor imediato. Ele também foi diretor durante o tempo em que Tom Riddle foi para Hogwarts, e quando ele abriu a Câmara Secreta. Os fãs também conhecerão Dippet como o homem que expulsou Hagrid (embora eles possam não perdoá-lo por isso!). Dippet era claramente um bruxo capaz, já que tinha um livro escrito sobre ele (por Rita Skeeter, é verdade), e ele também tinha um cartão de sapo de chocolate, mas suas realizações específicas não são mencionadas.

Alvo Dumbledore é, obviamente, referido como o 'maior diretor' de Hogwarts, e é um dos bruxos mais poderosos de todos os tempos. Ele certamente é considerado o bruxo mais poderoso de seu tempo - embora muito disso possa ser devido à posse da Varinha Ancestral.

É difícil resumir o tempo de Dumbledore, já que ele é uma figura enorme na série. Mas como Diretor, ele geralmente é querido e respeitado, e além de alguns períodos breves (e bem documentados), a maior parte do mundo bruxo o considera com respeito e lamentou sua morte.

Dolores Umbridge
A Professora Umbridge mal conta como uma verdadeira Diretora, já que ela se anunciou como Diretora quando Dumbledore fugiu depois que a Armada de Dumbledore foi revelada. Enquanto ele estava fugindo, Umbridge se tornou uma das cabeças mais odiadas de todas, com todos (professores e alunos) tentando miná-la. Pirraça teve um dia cheio, é claro, assim como Fred e Jorge Weasley, e o escritório do diretor se recusou a admiti-la.

Severo Snape
Após a morte de Dumbledore, Snape foi nomeado Diretor - uma nomeação que foi claramente arranjada por Voldemort, que estava muito no controle neste momento. O tempo de Snape como diretor seria de curta duração, no entanto. Depois que foi revelado que ele matou Dumbledore , os outros professores o expulsaram, e ele fugiu para Voldemort, e para sua morte durante a Batalha de Hogwarts.

Minerva McGonagall é diretora interina mais de uma vez na série, e então assume a posição permanentemente no final dos livros originais. Ela também recebeu a Ordem de Merlin e um Cartão Sapo de Chocolate. Em a criança amaldiçoada, McGonagall ainda é diretora e, sem surpresa, continua a administrar a escola da mesma forma que fazia em sua sala de aula e em sua casa - com firmeza, mas de forma justa.

Postar um comentário

0 Comentários