Header Ads Widget

Agora

6/recent/ticker-posts

Daniel Radcliffe era o mais baixo do trio e outras 22 curiosidades que você não sabia


Daniel Jacob Radcliffe nasceu em Londres no dia 23 de julho de 1989. É filho de Alan Radcliffe, um agente literário e Marcia Gresham,  diretora de elenco.

Medidas – Entre 2001 e 2003, Daniel cresceu mais de 20 cm, porém ainda é o mais baixo do trio  principal. Dan mede 1,65m de altura.

Aprovado – Daniel venceu mais de 60 mil garotos na escolha do papel de Harry Potter. Certo dia, enquanto tomava banho seu pai, após receber uma ligação, entrou no banheiro perguntando: “Advinha quem escolheram para ser Harry Potter?”. Daniel não se agüentou e começou a chorar.

Brincalhão – O ator sempre foi bagunceiro, brincalhão e adora pregar peças nos seus amigos de elenco. Uma vez, ainda com 10 anos pegou o celular do ator Robbie Coltrane, o Hagrid de Harry Potter, e mudou toda a configuração do telefone para a língua turca.

Cigarro – Um dos vícios do astro que ninguém conhece é o cigarro. Em 2008, rolou um boato de que ele fumava cerca de 20 cigarros por dia. Seus amigos preocupados com sua saúde nunca deixaram de alerta sobre os riscos e sobre estragar sua imagem.

Dispraxia – Entre as filmagens de A Ordem da Fênix e o Enigma do Principe, Daniel revelou que possui dispraxia, uma disfunção motora neurológica que impede o cérebro de desempenhar os movimentos corretamente.  O médico neurologista Dr. Davi Younger tranqüilizou: ” É claro que ele tem uma forma leve da doença, mas o fato de não apresentar sinais é uma dádiva. Por ter desenvolvido a habilidade de atuar, ele se torna um modelo para outras pessoas nessas condições”.


Equus – Em 2007 decidiu provar ao mundo que é muito mais do que Harry Potter. Fez parte do elenco da peça teatral Equus. Mais o assunto não foi apenas a atuação, mas sim as cenas de nu frontal que o astro fazia no palco deixando muita menininha sem fôlego.

Fortuna – Estima-se que sua fortuna gire em torne de R$ 92 milhões, o que fez por um tempo com que Daniel fosse o adolescente mais rico da Grã-Bretanha, ultrapassando até mesmo o príncipe Harry.

Gays – Desde o inicio de sua carreira sempre esteve envolvido em causas sociais. Um deles é na ajuda moral para adolescentes com problemas psicológicos. Foi protagonista de uma campanha para evitar o suicídio entre jovens gays. Chegou a ganhar um prêmio da associação The Trevor Project por sua contribuição e já disse em entrevista que “não entende a homofobia”

Homenagem – Daniel é a pessoa mais jovem a ter uma estátua de cera na filial inglesa do museu de Madame Tussauds, em Londres.  Segundo o porta-voz do local, “o ator merece ser homenageado, independente de sua idade.”

Infância – Na infância, Dan, como gosta de ser chamado, sempre brincava vestido de Homem-Aranha e fingia que seu cachorro era um lobo. Sua vontade de ser ator vem desde os cinco anos. Seu primeiro trabalho profissional foi em 1999, quando participou do filme David Copperfield, feito para o canal de tv BBC.

Jovens – Ao contrario de muito jovens amantes de fast foods, detesta eles e bolos em geral. Sua paixão são peixes e frutos do mar. Nas horas vagas gosta de correr, jogar rúgbi, escrever, assistir a filmes e jogar videogame.

Lágrimas – Daniel Radcliffe adimitiu ter deixado algumas lágrimas escaparem com o fim da saga Harry Potter. “O que me deixou impressionado não foi a nostalgia e emoção causadas por minha relação pessoal com os filmes. Eu desabei pelo filme em si” – explicou o ator que disse que sempre será grato por Harry Potter.

Nobre – Talvez o sangue britânico é que o deixa com atitudes tão nobres.  O ator costuma ajudar o Demelza House Children’s Hospice, de Londres, que cuida de crianças em estado terminal.  Também já pediu para seus fãs que façam doações a cada Natal e em seu aniversário, em vez de lhe dar presentes.

One Day in The Life of Daniel Radcliffe – Daniel deixou ser fotografado por Tim Hailand durante um dia inteiro para a criação do livro: One Day in The Life of Daniel Radcliffe (Um dia na Vida de Daniel Radcliffe).

Punk Rock – Daniel toca baixo e, apesar de dizer que não tem um estilo de musica preferido, curte mais o punk rock. Algumas de suas bandas preferidas são:  Jane’s Addiction, The Libertines, Rage Against the Machine, The Darkness, Red Hot Chili Peppers, The Zutons, The Futureheads, Sex Pistols, The Clash, The Strokes, The Killers, Pixies e Kaiser Chiefs.

Queridas – Sua atriz favorita é Cameron Diaz. Um dos seus sonhos é fazer um filme com ela. Mas enquanto seu sonho não se realiza, ele guarda uma foto,  com carinho, autografada pela atriz que ganhou de presente.

Rodar – Acredite se quiser, ele sabe rodar o braço direito em 360º.

Safadinho – Foi em ‘Harry Potter e a Ordem da Fênix’ que Daniel deu seu primeiro beijo cinematográfico.  Segundo o ator: “Foi muito divertido. Eu e Katie (Leung) estávamos estranhando a situação no começo, mas, depois de mais ou menos 30 tentativas, conseguimos que a cena ficasse boa”. Será que a cena não estava realmente boa ou o ator aproveitou para tirar uma casquinha?

Tatica – Na época em que estava na peça Equus, bolou uma tática para enganar os jornalistas que ficavam esperando ele sair do teatro. Todos os dias ele começou a usar a mesma roupa, trocando apenas a camisa de baixo. Assim, quando fotografado, todas as fotos pareciam de um dia só, fazendo as fotos não servirem para os tablóides.

Upa – Ao todo, Daniel conseguiu quebrar sete varinhas durante as filmagens.

Xii – Em entrevistas, revelou que já enfrentou problemas com álcool.  Ao completar 18 anos se tornou totalmente dependente de uísque e de festas: “Fiquei dependente (do álcool) para desfrutar das coisas. Houve alguns anos nos quais estava apaixonado pela ideia de viver um estilo de vida de uma pessoa famosa”. Agora, aos 21, diz que já superou e não culpa a fama conseguida por Harry Potter como motivo do vicio

fraZs – “Eu acho que já tentei roubar um “Mars bar” uma vez de uma loja mas então eu fui lá e o coloquei de volta. Isso foi uma estupidez. Os tablóides agora vão escrever – “O Passado criminoso de Potter”.”

“Não era diversão, era trabalho, era concentração. Claro que eu me divertia. Mas só em “Harry Potter 3” comecei a pensar: é isso que quero fazer para o resto da vida.”

“Eu gosto de pensar que eu posso experimentar tudo, mas eu tenho recebido alguns roteiros de acção , e eu não me vejo pulando e saltando por aí.”

Postar um comentário

0 Comentários