Header Ads Widget

Agora

6/recent/ticker-posts

O Ickabog, novo livro de J. K. Rowling, estreia mundialmente sem grandes boicotes


A obra infantil foi lançada mundialmente nesta terça, 10.

Ao longo dos últimos meses, J. K. Rowling, autora de Harry Potter, recebeu diversas críticas e acusações de transfobia nas redes sociais - e boicotes eram esperados com o novo lançamento da escritora, O Ickabog, nesta terça, 10. Contudo, a estreia não gerou muitas críticas.

O Ickabog é uma fábula de Rowling destinada ao público infantil. A história se passa em um país pequeno chamado Cornucópia, e acompanha a jornada das crianças Bert e Daisy para descobrir o paradeiro da criatura Ickabog. 

A obra conta com ilustrações de várias crianças - e a versão em português terá desenhos de 34 crianças brasileiras. Além disso, a autora anunciou que abriu mão dos royalties do livro e doará parte do dinheiro arrecadado pela venda da obra para auxiliar grupos vulneráveis impactados pela pandemia de Covid-19.

Devido às recorrentes críticas à Rowling, esperava-se um lançamento mais conturbado de Ickabog, mesmo que o livro se afaste do conhecido universo de Harry Potter. Contudo, são poucas as pessoas que usaram as redes sociais para reclamar sobre a autora. 

Na publicação do Twitter de Rowling sobre a estreia de Ickabog, um comentário ganha destaque: “O que esses jovens ilustradores vão pensar quando souberem que ilustraram um livro transfóbico?”. Outros perfis cobraram uma declaração da autora sobre a demissão de Johnny Depp da saga Animais Fantásticos: “Então você não vai comentar sobre a situação do Depp .... ok”. 

No entanto, a maioria das publicações das redes sociais são de apoio à autora, falando sobre já terem encomendado edições e agradecendo pela fábula: “O nosso chegou esta manhã. Pequenos capítulos perfeitos para leitura antes de dormir. Não sei se posso esperar até o Natal para entregá-lo”, disse um perfil.

Outro comentou: "Chegou hoje. Um para mim e outro para meu priminho. É um livro tão bonito e é um prazer ver essas ilustrações maravilhosas. Não consigo imaginar como deve ter sido difícil para os jurados decidirem entre as inscrições. Eu estaria desesperada". 

Postar um comentário

0 Comentários