Biografia Neville Longbottom

Header Ads Widget

Agora

6/recent/ticker-posts

Biografia Neville Longbottom


NASCIMENTO 30 de julho de 1980, Grã-Bretanha
SANGUE Puro-sangue
ESTADO CIVIL Casado
GÊNERO Masculino
COR DO CABELO Castanho
COR DA PELE Clara

Neville Longbottom (30 de julho de 1980) é um bruxo puro-sangue, filho de dois aurores. Ele pertencia à Grifinória e dividia o dormitório com Harry Potter, Rony Weasley, Simas Finnigan e Dino Thomas. A matéria da qual Neville mais gostava era Herbologia, e a que odiava era Poções (porque tinha medo do Professor Severo Snape). Seus pais foram torturados pela maldição Cruciatus até a loucura por comensais da morte. Neville foi então criado por sua avó. Foi um importante membro da ordem da fênix e da armada de Dumbledore, e conhecido por lutar ao lado de Harry Potter. Ao final da Segunda Guerra Bruxa se tornou professor de Herbologia de Hogwarts.

Lord Voldemort e Neville, na Batalha de Hogwarts
VOU ME JUNTAR A VOCÊ QUANDO O INFERNO CONGELAR! ARMADA DE DUMBLEDORE!

Personalidade e Desenvolvimento


Sua falta de autoconfiança afeta suas habilidades como um bruxo. Apesar de ter sangue-puro, Neville parece não ter aptidão para a magia, que geralmente o deixa em apuros. O uso da varinha de seu pai também pode ter influência nesse caso, pois são as varinhas mágicas que escolhem o bruxo e não o contrário.

Neville é também conhecido por sua falta de memória. Ele tentou usar um Lembrol nos primeiros livros da série para ajudá-lo a lembrar se esqueceu alguma coisa, mas ele sempre não conseguia lembrar o quê.

Primeiro Ano


Neville começou a freqüentar Hogwarts em 1991. Enquanto estava na plataforma 9¾ com sua avó, ele perdeu seu sapo, Trevor. Ele conheceu Hermione Granger, que concordou em ajudá-lo a encontrar seu bicho de estimação perdido, e também Harry Potter e Rony Weasley no Expresso de Hogwarts, quando ele entrou no compartimento deles com os olhos cheios de lágrimas procurando por Trevor. Depois de chegar à Estação Hogsmeade, Neville conseguiu recuperar Trevor com Hagrid.

Segundo Ano


A primeira aparição de Neville em 1992 foi após o jantar de início das aulas, quando ele aplaudiu Harry e Rony por terem ido voando de carro até Hogwarts. Na manhã seguinte quando Rony recebeu um berrador de sua mãe, Neville falou para que ele o abrisse rápido.

Na aula de Defesa contra as Artes das Trevas com Gilderoy Lockhart, um par de Diabretes da Cornualha pegou Neville pelas orelhas e pendurou-o, por sua capa, em um candelabro. Momentos depois, ele caiu de volta ao chão quando o candelabro se partiu.

Depois do ataque do Basilisco em Colin Creevey, Neville temia que ele talvez fosse atacado, por causa de suas poucas habilidades em magia, e tentou se proteger comprando uma grande cebola verde “cheiradora-de-mal”, um cristal roxo pontiagudo e um rabo podre de uma salamandra. Os outros alunos disseram que Neville deveria ficar bem; ele era um puro sangue e assim, improvável de ser atacado.

Neville foi à primeira (e única) reunião do Clube de Duelos de Lockhart. Para praticar Expelliarmus, Neville foi colocado em dupla com Justino Finch-Fletchley. Quando Lockhart sugeriu que o par voluntariasse para um feitiços de bloqueio, Snape o fez desistir, afirmando que Neville tinha dificuldades com os feitiços mais simples e que iria, de alguma forma, enviar Justino à ala hospitalar dentro de uma caixa de fósforos.

Logo depois do Dia dos Namorados, Neville informou a Harry que seus pertences haviam sido vasculhados por alguém.

Terceiro Ano


Tendo parado no meio do nada, Neville entra no compartimento de Harry para descobrir o que havia acontecido. Momentos depois, um dementador entrou no compartimento. Depois de chegar à Estação de Hogsmeade, Neville contou para as pessoas sobre a experiência no compartimento. Isso chegou até Draco Malfoy, que zombou de Harry sobre o desmaio.

Na primeira aula de Adivinhação, Neville acidentalmente quebrou duas das xícaras de chá da Professora Trelawney enquanto lia folhas de chá. Enquanto a turma saía, a Professora Trelawney o avisou que ele chegaria tarde à próxima aula e que trabalhasse muito para alcançar o resto da classe.

Na aula de Trato das Criaturas Mágicas, Neville praticou reverenciar um Hipogrifo; ele constantemente se afastava do animal, que não parecia querer reverenciar de volta.

No dia seguinte em Poções, Neville novamente conseguiu a ira do Professor Snape. Ele de alguma forma conseguiu transformar sua Poção de Encolher em laranja ao invés de verde. Para assegurar que Neville conseguisse fazer a poção certa, Snape disse a ele que teria de dar para comer um pouco dela para o seu sapo, Trevor, no final da aula. Desesperadamente, ele pediu a ajuda de Hermione; ela sussurrou instruções a ele pelo canto da boca. No final da aula, ele conseguiu deixar sua poção verde, e encolheu Trevor com sucesso de um sapo a um girino.

Mais tarde naquele dia, Neville ajudou o Professor Lupin na primeira aula de Defesa contra as Artes das Trevas sobre Bicho Papão. Quando perguntado o que mais o assustava no mundo inteiro, Neville respondeu “o Professor Snape”. Para encarar o bicho papão, Lupin pediu que Neville imaginasse Snape usando as roupas de sua avó. Por sua ajuda, Neville ganhou dez pontos para a Grifinória. Neville destruiu o bicho papão. Isso futuramente fez com que crescesse o desgosto de Snape por ele.

Quarto Ano


Neville convida Hermione pra ir ao baile de inverno, porém como esta recusa dizendo que já foi convidada pro outro rapaz, Neville resolve convidar Gina que aceita. Ele passa a se dedicar aos passos de dança mais que os colegas. Harry e Rony ficam desapontados ao saber que ele já tem um par, eles ainda não haviam achado o deles.

Quinto Ano


Com os encontros da AD (Armada de Dumbledore), a habilidade mágica de Neville melhora drasticamente. Nesse livro, Neville também tem um papel importante, pois ele previne que Lorde Voldemort saiba o conteúdo da profecia, pois ele a quebra durante a batalha contra os Comensais da Morte.

O fato de Neville ter nascido um dia antes de Harry e de seus pais terem enfrentado Voldemort três vezes faz com que os dois se encaixem na profecia. Mas, segundo Dumbledore, Voldemort escolheu Harry para ser marcado como um igual quando ele preferiu atacar a família de Harry ao invés da de Neville, pois Harry era o escolhido.

Sexto Ano


Neville aparece no Expresso de Hogwarts. Ele mostra sua nova varinha feita de cerejeira e pelo de unicórnio, uma das últimas varinhas que o Sr. Olivaras vendeu antes de desaparecer. Neville é convidado para o encontro com Horácio Slughorn no trem junto com Harry por causa de seus pais; para Neville foi extremamente desconfortável falar sobre esse assunto.

Descobrem-se também as notas de Neville nos N.O.M.s (O.W.L.s). Ele conseguiu Ótimo em Herbologia e Excede Expectativas em Defesa Contra as Artes das Trevas e Feitiços. Conseguiu um Aceitável em Transfiguração e ficou desapontado quando a Professora McGonagall não o deixou participar das aulas preparatórias de Transfiguração para os N.I.E.M's (N.E.W.T.s). Mas ela o fez pois o único motivo de Neville querer continuar em Transfiguração era agradar sua avó.

Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Neville queria que os encontros da AD continuassem. Durante a batalha em Hogwarts, Neville luta mais uma vez contra os Comensais da Morte.

Sétimo Ano


Neville se torna o grande líder na repressão contra os Comensais da Morte que haviam tomado conta da escola, mostrando-se o porquê de ter sido escolhido para Grifinória, pois era conhecido por não executar os feitiços corretamente. Conhece Aberforth Dumbledore que, descobre-se, era o dono do Cabeça de Javali, o outro pub de Hogsmeade. Aberforth ajuda Neville a ser impedido de ser expulso fazendo uma espécie de túnel do bar até a Sala Precisa.

Neville mata a cobra de Lord Voldemort, Nagini, pedido feito por Harry, usando a espada de Godric Gryffindor. Ele se casa com Anna Abbott Longbottom, e não tem filhos com elas e se torna professor de Herbologia em Hogwarts e diretor da casa Grifinória.

Família


Os pais de Neville são Alice e Frank Longbottom. Eles eram aurores e membros da Ordem da Fênix original. Eram uns dos mais brilhantes do grupo e, assim como os Potter, os únicos a sobreviverem a três encontros contra Voldemort. Eles acabaram enlouquecendo, depois que um grupo de Comensais da Morte (entre eles Bartô Crouch Jr. e Belatrix Black Lestrange) os torturou com a maldição Cruciatus. Então eles foram internados no Hospital St. Mungus para Doenças e Acidentes Mágicos. Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, o casal aparece numa visita de Harry e seus amigos ao Hospital St. Mungus para Doenças e Acidentes Mágicos. Ainda debilitados pela tortura sofrida, o casal recebe a visita de seu filho Neville acompanhado de sua avó, mas eles não aguentaram os ferimentos e acabam falecendo, após a visita do seu filho.

A avó paterna de Neville – Augusta – cuidou dele desde essa época. Augusta é uma pessoa muito exigente e perfeccionista e parece não perceber os sentimentos do neto (quando Augusta percebe que Neville nunca disse a seus amigos o que realmente aconteceu com os pais dele, ela acha que ele tem vergonha deles; quando sua mãe dá de presente para ele uma embalagem de doce, ela diz para ele jogar aquilo no lixo, mas Neville guarda o papel carinhosamente no bolso). Dumbledore conhecia os pais de Neville e já tinha avisado que eles iriam morrer, mas sua grande coragem os impediu de fugir e se esconder e assim acabaram sendo torturados por Bellatriz, que é a grande inimiga de Neville.

É revelado no quinto livro que Neville tem orgulho de seus pais, por serem corajosos e persistentes mesmo sendo torturados. Ele tem orgulho de ser filho deles.

Etimologia


A habilidade de Neville com plantas pode revelar a fonte de inspiração para seu sobrenome. Nos livros de J.K. Rowling, folha de Longbottom é uma variedade popular de erva de fumo. O nome vem de uma das regiões do Condado na qual ela cresce. Longbottom, um nome que significa "vale longo", foi fundado com a introdução da erva de fumo, permitindo que a região se desenvolvesse devido ao sucesso dessa indústria. Sabe-se que J. K. Rowling é uma fã do trabalho de Tolkien.


Postar um comentário

0 Comentários