Header Ads Widget

Agora

6/recent/ticker-posts

Hogwarts Legacy não teve envolvimento direto de J.K. Rowling, diz Warner Bros.


Anunciado na última quarta (16), durante o State of Play da Sony, o jogo Hogwarts Legacy não contou com envolvimento direto da autora dos livros originais de Harry Potter, segundo a Warner Bros. Games.

"J.K. Rowling não está envolvida diretamente na criação do jogo, porém, seu extraordinário corpo de escrita é a fundação de todos os projetos no Mundo Mágico", diz o FAQ oficial da publisher. "Esta não é uma história inédita de J.K. Rowling."

Procurada pelo site Polygon, a Warner declarou que não comentará mais além do anúncio do jogo e a resposta do FAQ.

Nos últimos meses (para não dizer anos), a escritora tem sido duramente criticada entre os próprios fãs da franquia Harry Potter por declarações consideradas transfóbicas em redes sociais, que tem se tornado cada vez mais explícitas e constantes com o passar do tempo.

Não só isso, mais recentemente Rowling - sob o pseudônimo Robert Galbraith - publicou um novo livro, Troubled Blood (Sangue Perturbado, em tradução livre), cuja narrativa é centrada em um homem cisgênero que se veste como mulher para cometer assassinatos - o que muitos críticos indicam reforçar e perpetuar esta perspectiva transfóbica.

As opiniões e declarações de J.K. Rowling fizeram muitos fãs a decidir boicotar seus trabalhos e projetos associados a seus livros - incluindo potencialmente Hogwarts Legacy, já que a autora deverá receber royalties pelo uso de seu universo no jogo.

Hogwarts Legacy se passa na icônica escola de magia e bruxaria, mas durante o século XIX, décadas antes dos eventos dos livros de Harry Potter em si. O jogo chega em 2021 para PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X/S.

Postar um comentário

0 Comentários