Harry Potter: O que não pode faltar em Hogwarts Legacy

Header Ads Widget

Agora

6/recent/ticker-posts

Harry Potter: O que não pode faltar em Hogwarts Legacy


Muito tempo atrás, em maio de 2018, o IGN Brasil publicou um artigo defendendo a seguinte ideia: Harry Potter merece um jogo de mundo aberto. E não é que, em 2020, um período particularmente complicado para gostar da saga criada por J.K. Rowling, este sonho se tornou realidade?

É claro, Hogwarts Legacy ainda não foi lançado. Contudo, agora, é só questão de esperar. Afinal, do que esse jogo precisa para ser tudo o que os fãs sempre quiseram? Bom, abaixo, temos algumas sugestões.


Caso você não esteja familiarizado com o jogo, Hogwarts Legacy é o primeiro RPG em mundo aberto situado no universo de Harry Potter. Durante a jogatina, jogadores viverão como autênticos estudantes de Hogwarts e poderão explorar não apenas o castelo, mas também as áreas em torno dele: a Floresta Proibida e Hogesmade, por exemplo.

Além da exploração de ambientes icônicos da franquia, o jogo vai contar com momentos nos quais os jogadores precisarão fazer escolhas e também trará um sistema por meio do qual aprenderemos novos feitiços conforme a campanha se desenvolve.

Beco Diagonal
Talvez esta seja uma unanimidade entre os fãs de Harry Potter. Se os jogadores estarão inseridos em uma realidade sem qualquer vínculo direto com as histórias dos livros, não é pedir demais que possamos criar nossos próprios personagens e, em seguida, viver todos os passos iniciais da jornada de um estudante de Hogwarts.

Isso incluiria, é claro, pelo menos uma passagem pelo Beco Diagonal, com direito a visitas aos mais famosos estabelecimentos da região, como a loja de varinhas Olivaras e o Banco Gringotes. Infelizmente, no entanto, a loja Gemialidades Weasley não existia no século XIX, período em que o jogo é situado.

Grifinória, Sonserina, Corvinal ou Lufa-lufa?
Obviamente, é necessário que Hogwarts Legacy traga aquele momento no qual os estudantes descobrem a qual casa pertencem. Grifinória, Sonserina, Corvinal, Lufa-lufa; seria importante que o jogo contasse com um sistema preciso e divertido para determinar a casa do jogador. Por favor, não perguntem, simplesmente, de qual casa queremos ser.

Inclusive, embora este talvez seja um grande desafio, também seria interessante se a seleção da casa interferisse, de alguma forma, no gameplay — e não apenas nos itens cosméticos, como uniforme e cachecol.

Quadribol
Ao chegar em Hogwarts, provavelmente, será necessário concluir algumas horas de tutorial antes de podermos explorar tudo livremente. E seria brilhante se Quadribol fosse uma das atividades extras presentes em Hogwarts Legacy.

Partindo do princípio de que todas as casas serão relevantes no jogo, poderia até mesmo existir um sistema de campeonato envolvendo todos os atletas da escola. Ou, quem sabe, partidas online? Talvez seja sonhar demais, mas continua sendo uma ideia válida.

Duelos
Mesmo que a vida de estudante em Hogwarts possa ser divertida sem combates ou qualquer coisa do tipo, os duelos são um aspecto competitivo com muito potencial do universo de Harry Potter. E, é claro, podem acabar servindo como um modo treino, no qual é possível competir contra NPCs e, quem sabe, até vencer torneios.

Duelar poderia ser, por exemplo, uma forma de desbloquear feitiços específicos de ataque e defesa ou, pelo menos, permitir o desenvolvimento de versões mais potentes dos feitiços que já conhecemos. Novamente: há muito potencial para interação online.

Sala Precisa
Apresentada formalmente em Harry Potter e a Ordem da Fênix, a Sala Precisa está entre os ambientes mais peculiares da franquia. Afinal, este local consegue se adaptar às necessidades de qualquer pessoa que o encontre e não possui só uma forma.

Naturalmente, o potencial para preencher o mundo de Hogwarts Legacy com missões secundárias situadas na Sala Precisa é vastíssimo. Ela pode acabar sendo, inclusive, fundamental para algumas missões principais. Quem sabe?

Esperamos que este cantinho tão especial do castelo seja lembrado.

Chefes secretos icônicos
Hogwarts Legacy pode acabar levando os jogadores a cantos do castelo que nunca foram explorados nos livros e filmes. Nessas áreas secretas inéditas, poderiam viver criaturas assustadoras e poderosas contra as quais seria necessário lutar. Ou até fantasmas hostis.

Enfrentar Fofo, o cão de três cabeças que aparece em Pedra Filosofal, seria muito divertido. E, claro, conhecer novos monstros não teria como ser ruim. Portanto, nos resta esperar que saibam explorar os cantos nunca antes visitados de Hogwarts.

Muitas opções de poção
Você se lembra de quando jogou The Witcher 3: Wild Hunt pela primeira vez e viu quantas poções o jogo trazia? Pois bem, se algum game tem potencial para trazer ainda mais frascos com líquidos misteriosos e poderosos, este jogo é Hogwarts Legacy.

Não seria necessariamente inesperado se o jogo trouxesse missões em que é necessário usar a poção Polissuco, mas há potencial para tantas outras poções neste jogo. E, é claro, podemos aprender muitas delas durante as aulas ou mesmo em aulas particulares com os professores. Aliás, não seria interessante se o jogo trouxesse opções de especialização diferentes?

Hogwarts Legacy, o próximo jogo de Harry Potter, será lançado em 2021 para PlayStation 5, PlayStation 4, Xbox Series X, Xbox One e PC. Por enquanto, não há uma data específica determinada para a chegada do jogo ao mercado.

Postar um comentário

0 Comentários