Header Ads Widget

Agora

6/recent/ticker-posts

A incrível transformação de Emma Watson ao longo de 20 filmes


Emma Watson em 2001
Emma Watson tinha 10 anos quando apareceu no cinema como uma das protagonistas da primeira parte de ‘Harry Potter’. A partir deste momento, passaria a ser conhecida mundialmente por sua personagem, Hermione Granger, uma menina maga. Na última entrega da saga, a atriz tinha 21 anos. Sua mudança em mais de uma década foi visível e seu talento só aumentou. Confira na galeria a trajetória da estrela.


Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001)
O filme apresentou uma menina segura de si mesma, que honrou a personagem que lhe foi dada, Hermione Granger. O surpreendente é que sua experiência como atriz, até aquele momento, vinha somente de espetáculos de teatro na escola. De fato, foi graças a sua professora que os produtores a conheceram.

Harry Potter e a Câmara Secreta (2002)
A segunda parte da saga foi gravada apenas um ano depois do lançamento da primeira. Emma Watson continuava com o ar infantil e brilhou, mais uma vez, como a melhor amiga de Harry Potter.

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (2004)
Foi na terceira entrega de ‘Harry Potter’ que pudemos ver uma Emma Watson já adolescente. A atriz tinha 14 anos quando gravou o filme e usava um corte de cabelo diferente dos anteriores.


Harry Potter e o Cálice de Fogo (2005)
Um ano depois, a atriz aparece com um estilo mais maduro, mas continua com o cabelo ondulado que caracteriza a personagem forte e decidida que interpreta.

Harry Potter e a Ordem da Fênix (2007)
A grande mudança física de Emma Watson veio com ‘Harry Potter e a Ordem da Fênix’. Aos 16 anos, a transição à fase adulta era notável e inclusive a própria Hermione Granger amadurece.

Dançando para a Vida / Ballet Shoes (2007)
Entre um filme e outro da saga dos famosos magos, Emma Watson participou do filme  ‘Ballet Shoes’, no qual interpretava Pauline Fossil, uma órfã cujo sonho é ser atriz.


Harry Potter e o Enigma do Príncipe (2009)
Este é o primeiro filme da saga que conta com Emma Watson já maior de idade (19 anos). Alguns críticos de cinema opinaram que, neste momento, as interpretações de Daniel Radcliffe e Rupert Grint superaram a de Emma Watson, que era quem se destacava nas primeiras entregas.

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 (2010)
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 (2010) chegou em 2010, com Emma Watson transformada em uma referência de moda para mulheres do mundo todo. Com 20 anos, conservava o rosto angelical ao mesmo tempo que já era uma estrela de Hollywood.

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 (2011)
É na última entrega da saga de Harry Potter quando podemos apreciar uma Hermione Granger completamente diferente daquela que apareceu pela primeira vez na telona. Tinha 21 anos quando se despediu da saga com uma bilheteria histórica: 1,3 bilhões de dólares.


A influência de Emma Watson
Emma Watson tinha crescido em todos os aspectos. Era a imagem das marcas mais prestigiosas do mundo e uma mulher comprometida com causas solidárias e ativistas. Em 2014, foi a porta-voz do movimento ‘HeforShe’ que defendia a igualdade política, social e econômica entre os sexos.

Sete Dias com Marilyn / My Week with Marilyn (2011)
Este foi o primeiro trabalho da atriz depois do fim da saga de ‘Harry Potter’. No filme, ela interpreta Lucy, uma refinada assistente de vestuário.

As Vantagens de Ser Invisível (2012)
Neste drama romântico juvenil, Emma Watson interpreta Sam, estreando look moderno e divertido. Logan Lerman e Ezra Miller foram os responsáveis de transformar o filme em um símbolo de uma geração.


Bling Ring: A Gangue de Hollywood (2013)
Em ‘Bling Ring: A Gangue de Hollywood’ Emma Watson mostrou seu perfil mais teenager. Conta a história de um grupo de amigos que pretende assaltar as casas de várias celebridades.

É o Fim! (2013)
Não parecia um filme para Emma Watson, mas a atriz mostrou sua versatilidade e enveredou nesta loucura de Seth Rogen e Evan Goldberg, onde interpreta a si mesma.

Noé (2014)
‘Noah’ parecia o caminho que Emma Watson estava destinada a levar. Filme de época, vestido pomposo, cabelos ao vento, parecia estar virando uma nova Keira Knightley.


Regressão (2015)
Em ‘Regressão’, Emma Watson foi dirigida por Alejandro Amenábar. A atriz deu vida a Ángela, uma personagem inquietante, bela e intimidante. Foi um dos melhores papéis da sua carreira.

Amor e Revolução / Colonia (2016)
Emma Watson continuou com sua tendência de arrasar em papéis históricos. Para protagonizar este filme, a atriz, com 25 anos, rejeitou o papel de Mia en ‘La La Land’.

A Bela e a Fera (2017)
Finalmente Emma Watson virou uma princesa Disney, algo esperado por milhões de fãs. O filme, que contou com Dan Stevens como a Fera, arrasou em bilheteria.


O círculo (2017)
‘The Circle’ lança Emma Watson a um futuro distópico no qual Tom Hanks é uma espécie de Steve Jobs mais interessado em conquistar o mundo do que em vender dispositivos. Com looks casuais, a atriz dá vida a um prodígio das novas tecnologias.

Adoráveis Mulheres / Little Women (2019)
‘Little Women’, de Greta Gerwig, trouxe luzes e sombras para Emma Watson. Por um lado, o filme agradou ao público e à crítica, sendo indicado ao Oscar em seis categorias. Por outro, nenhum dos prêmios foi concedido à atriz.

Postar um comentário

0 Comentários